13 setembro 2018 5:14 pm

MP promete entrar com ação direta de inconstitucionalidade no caso da ideologia de gênero

Lino Ramos
Bicho-Pau

Foto: CML/Divulgação
Foto: CML/Divulgação

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) deve entrar com uma ação direta de inconstitucionalidade depois de entrar em vigor a lei que proíbe a discussão sobre ideologia de gênero nas escolas municipais. O projeto foi aprovado na tarde desta quinta-feira (13), em segunda discussão, na Câmara de Vereadores. Na votação, 16 vereadores foram a favor, dois votaram contra e um faltou.

A promotora da 6ª Vara Criminal de Londrina, Suzana Lacerda, entende que faltou informação para que a sociedade pudesse entender o tema. Responsável pela análise dos casos de violência contra mulheres, crianças e adolescentes, Suzana entende que a lei favorece a discriminação e o preconceito.

O projeto de lei proibindo a discussão sobre ideologia de gênero nas escolas municipais foi aprovado em segunda discussão pela Câmara.

Comentários Facebook

Comentários