14 junho 2018 3:48 pm

Dagoberto começa trabalho com bola e deve retornar contra o Sampaio Corrêa

Redação Paiquerê

Dagoberto Gustavo Oliveira
Dagoberto, que não atua pelo Londrina desde a 1ª rodada da Série B, deve voltar a campo contra o Sampaio Corrêa. Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

O atacante Dagoberto, principal contratação do Londrina Esporte Clube (LEC) em 2018, está cada vez mais próximo de retornar aos gramados. O jogador de 35 anos sofreu uma lesão na coxa esquerda na vitória por 1 a 0 contra o Boa Esporte, válida pela primeira rodada da Série B do Brasileirão, e não defendeu mais o alviceleste desde então.

O clube divulgou nesta quarta-feira (14) uma atualização sobre a situação do atleta, que entrou na reta final de recuperação e mostrou confiança para voltar já na partida contra o Sampaio Corrêa, no dia 1º de julho. “Estou muito feliz pelo trabalho que tem sido feito, pelos profissionais que Deus tem colocado na minha vida neste momento. Estou esperançoso. Tenho certeza de que, dando tudo certo, contra o Sampaio Corrêa estarei de volta. O objetivo inicial é esse. Mas se não der, vamos trabalhando para o próximo jogo”, disse o atacante do LEC.

O jogador começou os trabalhos com bola, ainda de forma leve e faz trabalhos específicos no campo com o fisioterapeuta Marcelo Rockenbach. “Ainda que afastado dos gramados, Dagoberto tem se mantido próximo do elenco”, afirma a nota do LEC.

A LESÃO
O atacante foi contratado para ser a referência no ataque e ajudar a trazer o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro ao alviceleste. No entanto, o atacante só esteve em campo durante 18 minutos com a camisa do Tubarão.

Diante do Boa Esporte, ele começou o jogo no banco e entrou apenas aos 10 minutos da segunda etapa, quando o placar ainda estava zerado. O atacante mostrou que tem estrela e, com apenas um minuto em campo, balançou as redes e deu a vitória ao Tubarão. Mas, infelizmente, 18 minutos após entrar em campo, sofreu uma lesão no músculo isquiotibial da coxa esquerda, que chegou a afetar o tendão, e teve que ser substituído. O atleta não pôde mais atuar pelo Londrina desde então.

Com assessoria.

Comentários Facebook

Comentários