12 janeiro 2018 11:55 am

Depressão pós-férias

Maria Cristina Orcelli
O Mundo da Psicologia

Geralmente quando a pessoa acaba de voltar das férias e já sente uma falta de energia inexplicável, dores no corpo e desânimo enorme para cumprir suas obrigações, possivelmente está com depressão pós férias. Este é um mal que vem atingindo um percentual de brasileiros cada vez maior. Os sintomas mais comuns são: dores musculares, cansaço, dor de cabeça, ansiedade, e angustia, muitos precisam recorrer a medicamentos para alívio dos sintomas. Atinge na maioria profissionais na área de saúde, informática e finanças.

O período que geralmente dura estes desconfortos são em média duas semanas, tempo necessário para a readaptação a antiga rotina. A pessoa que se sente desta forma deve fazer uma avaliação sobre sua vida profissional, procurando analisar se realmente está satisfeita com seu trabalho ou ainda se o que causa não é uma impossibilidade de ter uma promoção ou se o seu ambiente de trabalho não é hostil onde ocorrem conflitos interpessoais. Muitos são os casos onde a pessoa se acomoda em seu trabalho, fica no que se denomina “zona de conforto” por motivos como salário, segurança no que faz, posição social, etc… Mas ao mesmo tempo sente-se angustiada, exausta, desmotivada.

Como a pessoa passa uma boa parte do seu tempo no ambiente de trabalho o ideal é buscar fazer algo que goste, que lhe dê prazer e se por acaso neste momento isso não é possível ao menos deve procurar dar um novo significado ao emprego, como por exemplo, através deste trabalho consegui comprar minha casa, ou ainda manter meus filhos num bom colégio, ou ainda procurar gerenciar a rotina diária procurando executá-la com menos ansiedade, organizar-se para ter uma agenda menos intensa nos primeiros dias do retorno, enfim cada um deve procurar achar o significado que lhe dê motivação suficiente para levantar toda manhã e ter energia para enfrentar o seu dia.

Comentários Facebook

Comentários