4 dezembro 2017 5:01 pm

Educação desiste da proposta de ampliar a jornada de trabalho dos professores

Lino Ramos
Bicho-Pau

A Secretaria Municipal de Educação de Londrina desistiu da proposta de ampliar a jornada de trabalho dos professores municipais. A decisão foi tomada depois que um levantamento junto aos docentes mostrou que a maioria não aceitou a mudança. A Secretaria esperava uma adesão de 1.400 professores, mas pouco mais de 500 concordaram com as mudanças.

Atualmente os professores da rede municipal cumprem uma jornada de 20 horas semanais, com um terço desse tempo dedicado à hora-atividade. A proposta defendida pela secretária Maria Tereza Paschoal de Moraes era ampliar essa jornada para 25 horas semanais, aumentando o tempo de permanência dos alunos em sala de aula, de quatro para cinco horas diárias.

De acordo com Maria Tereza, agora esse debate só deve ser retomado em 2018. Até lá, a administração municipal espera convencer os professores sobre os eventuais benefícios da mudança, como o aumento salarial para o docente que aderir à ampliação da jornada. A proposta seria enviada para discussão na Câmara por meio de um projeto de lei, como explicou a secretária de Educação.

A proposta da secretaria municipal de Educação era ampliar a jornada de trabalho dos professores até 2019.

Comentários Facebook

Comentários