2 janeiro 2018 10:36 am

Em 2018 surge um novo caminho, conforme o ritmo das palavras

Edson Ferreira
Santo Livro

Sempre gostei de poesia, da capacidade de sínteses e analogias dos grandes poetas, buscando destacar na rotina aquilo que o olhar cansado e desmotivado já não vê mais. Sem a pretensão de me aproximar dos nossos grandes autores, gostaria de oferecer a você alguns versos para esse começo de ano, esse início de uma nova caminhada. Bom 2018, com muitas perspectivas e conquistas!

Caminhada
Um caminho para seguir
é presente para o caminheiro.
Indefinido o destino, ele vai partir
para chegar em paz; pois não importa ser o primeiro.

Pedras, barrancos, tempestades, saqueadores
solidão, cansaço, fome, dores.
Sabe que pode ser divergente essa estrada
Mas sonha menos com a glória e mais com a chegada.

Um caminho para seguir
é presente para o caminheiro
Segredos vai descobrir
quer chegar em paz, não ser o primeiro

Sempre um caminho é presente
Para quem vai pela vida
Pois a vida é isso; semente
Que germina onde é acolhida

Frutos, cantos, sombra, água, proteção
Calma, descanso, amigos, irmão
O caminho também é belo
Quando o olhar do caminheiro é singelo

O que virá é desconhecido
desperta no caminheiro incerteza
às vezes sente que é vencido
fecha os olhos e fraqueja.

Vem as quedas, as dúvidas e a recaída
Sonhos parecem desaparecer
Mas há uma Luz na direção da saída
para recuperar a fé no caminho a percorrer

Tem na mente os sonhos sonhados
mesmo os não realizados
Sabe que a vida é a soma do sonhos de outrora
que o trouxeram até aqui e agora.

Um caminho para seguir
É presente para o caminheiro
Um tempo novo a se abrir
Nesse mês de janeiro

Veja o presente que se aproxima
Um novo ano está no alvorecer
Um novo caminho que te ensina.
Em paz, novos sonhos vão te mover.

(Janeiro/2018)

Comentários Facebook

Comentários