19 fevereiro 2018 8:09 am

Líder do executivo propõe retomada da discussão do ConCidade

Neto Almeida
Redação Paiquerê

Deliberador Foto Neto Almeida
Pericles Deliberador à esquerda. Foto: Neto Almeida

Depois de toda polêmica envolvendo o zoneamento de Londrina, com a operação ZR3 e duas tentativas frustadas de criação do Conselho da Cidade (ConCidade), sendo uma na atual e outra na legislatura passada, o líder do executivo na Câmara, Péricles Deliberados (PSC), informou que já colocou na pauta das próximas sessões novamente o projeto. Ele afirmou que pretende trabalhar para aprovação do novo conselho.

O Conselho Municipal da Cidade (CMC) é o órgão consultivo existente no município e que desde 2008 tem a atribuição de deliberar sobre política e planejamento urbano, dando pareceres a todos os projetos que alterem as leis integrantes do Plano Diretor e pedem Estudos de Impacto de Vizinhança (EIV). O presidente atual da entidade, Rodrigo Zacaria, já disse em entrevistas anteriores que a entidade não se opõe a criação do ConCidade, que com 46 membros ampliaria significativamente a participação da sociedade no conselho.

Deliberador, em entrevista coletiva, explicou sua intenção após pedido de prioridade do executivo na discussão do projeto.

No ano passado, a Comissão de Justiça, responsável por dar o parecer sobre a criação, era formada por Filipe Barros (PRB), Ailton Nantes (PP), Amauri Cardoso (PSDB), Jamil Janene (PP) e Pastor Gerson Araújo (PSDB). Já este ano, a comissão é composta por Roque Neto (PR), Vilson Bittencourt (PSB), Daniele Ziober (PPS), Gui Belinati (PP) e Felipe Prochet (PSD).

Segundo Péricles Deliberador, a operação ZR3 não foi a causa para a retomada da discussão do ConCidade.

Sobre a criação do ConCidade ser um dificultador de interesses pessoais na mudança de zoneamentos, Deliberador respondeu da seguinte forma.

Comentários Facebook

Comentários