13 março 2018 4:15 pm

Movimento tem assinaturas para pedir revogação do aumento no IPTU

Lino Ramos
Bicho-Pau

O movimento “Abaixo IPTU” e diversas entidades de Londrina protocolam nesta quarta-feira (14), às 12h, na Câmara Municipal de Londrina, um projeto de lei de iniciativa popular, pedindo a revogação dos aumentos considerados abusivos no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Os reajustes foram estabelecidos a partir da Lei, que regulamentou a revisão a Planta Genérica de Valores (PGV). Na prática, houve aumentos acima de 100% e até 500%, causando revolta entre os contribuintes.

Segundo o advogado André Trindade, coordenador do movimento “Abaixo IPTU”, o projeto de iniciativa popular está amparado em mais de 18.200 assinaturas, que representam ao menos 5% do número de eleitores em Londrina.

Em razão da revolta com os reajustes no IPTU, o prefeito Marcelo Belinati (PP), prometeu enviar à Câmara um projeto congelando a alíquota do imposto em 0,6% para o ano que vem. Na prática, essa proposta mantém os mesmos valores estabelecidos neste ano e que revoltaram a população.

Comentários Facebook

Comentários