11 janeiro 2018 9:11 pm

Nos pênaltis, o Londrina venceu o Capivariano e se classificou para a 3ª fase da Copa São Paulo

Redação Paiquerê

Tubarãozinho teve três vitórias em três jogos na primeira fase da Copinha. Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

Na noite desta quinta-feira (11), o Londrina Esporte Clube enfrentou o Capivariano, em jogo válido pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Junior, e venceu nos pênaltis pelo placar de 4 a 3 após empate por 2 a 2 no tempo normal.

Os gols do Londrina foram marcados por Anderson e Miullen, enquanto Hugo e Jeferson marcaram para o Capivariano. Na disputa de pênaltis, o goleiro Biagi defendeu a cobrança decisiva de Hugo e garantiu a classificação do Tubarão para a terceira fase da Copinha.

O próximo jogo do Tubarão será disputado neste sábado (13), às 16 horas, contra o Desportivo Brasil, que eliminou o Botafogo nesta segunda fase. Na fase de grupos, Londrina e Desportivo Brasil se enfrentaram e o time alviceleste levou  a melhor, vencendo por 2 a 0, com gols de Matheuzinho e Miullen.

O jogo
O primeiro tempo foi muito difícil para o Londrina e começou com o Capivariano levando perigo já aos 2 minutos, com um chute de fora da área de Felipe que explodiu no travessão. Depois, aos 5 minutos, foi a vez de Lucas cobrar falta para uma boa defesa do goleiro Biagi.

O Londrina só conseguiu atacar aos 7 minutos, quando o atacante Miullen foi lançado e sofreu pênalti. O meia Anderson foi calmamente para a cobrança e não desperdiçou. Deslocou o goleiro e fez 1 a 0 para o Tubarão.

Apesar de estar atrás no placar, o Capivariano seguiu criando oportunidades até chegar ao empate, que veio aos 23 minutos, com gol do atacante Hugo.

Ainda na primeira etapa, o técnico Alemão realizou três alterações. O zagueiro Casagrande, que havia se lesionado no lance do gol do Capivariano, foi substituído por Zé Pedro. Já os volantes Felipe Mori e Pedro Cacho, ambos com cartão amarelo, deixaram o gramado para as entradas de Alysson e Higor. Depois dessas mudanças, o Londrina equilibrou o jogo e chegou a levar perigo em finalizações de Alysson e Uélber, mas o placar seguiu empatado.

No segundo tempo, o Londrina voltou melhor e criou a sua primeira oportunidade de gol logo no primeiro minuto, com finalização perigosa de Matheuzinho. Aos 5 minutos, o meia Anderson fez linda jogada individual, mas Uélber finalizou para fora.

A primeira grande oportunidade do Capivariano veio aos 11 minutos com Lucas, que recebeu a bola, passou pela defesa do Londrina, finalizou e a bola passou raspando a trave do goleiro Biagi.

Aos 20 minutos, Luquinha deu bom passe para Miullen, que invadiu a área do Capivariano e novamente sofreu pênalti. Dessa vez, o centroavante do Londrina foi para a cobrança, bateu firme e fez o gol que deu novamente a vantagem no placar para o Tubarão, 2 a 1.

O técnico Emerson Antônio promoveu duas alterações para deixar o Capivariano mais ofensivo. Adriel e Luis Otávio deixaram o campo para as entradas de De Luca e Igor. O time paulista passou a se lançar ao ataque e chegou ao empate aos 38 minutos com o lateral Jeferson, que marcou de cabeça após cobrança de falta na área do Londrina.

O restante do jogo não teve grandes oportunidades de gol e o placar terminou mesmo em 2 a 2. A partida se encaminhou para as cobranças de pênaltis. Nas penalidades, Anderson, Matheuzinho, Matheus Bianqui e Felipe converteram, com Hiago desperdiçando. Pelo lado do Capivariano, De Luca, Alejandro, Igor converteram. Lucas e Hugo desperdiçaram. Placar nos pênaltis: 4 x 3 para o Londrina e Tubarão classificado.

FICHA TÉCNICA
Londrina (4) 2×2 (3) Capivariano – 2ª Fase – Copa São Paulo de Futebol Junior
Local: Arena Capivari
Data: 11/01/2018 – Horário: 19h
Árbitro: André Luiz Ribeiro Cozzi

Gols: Anderson e Miullen (Londrina); Hugo e Jeferson (Capivariano)

Londrina: Biagi; Matheuzinho, Igor Mendes, Casagrande (Zé Pedro) e Felipe; Felipe Mori (Alysson), Pedro Cacho (Higor), Luquinha (Matheus Bianqui) e Anderson; Uélber (Juan) e Miullen – Técnico: Alemão

Capivariano: Marcos; Lucas, Paulo Pimentel, Gabriel e Jeferson; Adriel (De Luca), Bruno Luca, Luis Otávio (Igor) e Felipe; Alejandro e Hugo – Técnico: Emerson Antônio

Comentários Facebook

Comentários