13 junho 2018 8:54 am

Serviços públicos em Londrina terão funcionamento alterado durante jogos do Brasil

Redação Paiquerê

Prefeitura de Londrina-Foto de Roberto Custódio
Prefeitura de Londrina. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Londrina informou nesta terça-feira (12) que o funcionamento dos serviços municipais, nos dias de jogos da Seleção Brasileira, na primeira fase da Copa do Mundo de Futebol, será alterado. O expediente nos órgãos da administração direta e indireta no dia 22 de junho, será das 12h às 18h. No dia 27 de junho o atendimento ao público será feito das 8h às 14h. Os órgãos que prestam serviços essenciais, como saúde e segurança vão funcionar normalmente.

Na rede municipal de educação o funcionamento seguirá o calendário de cada unidade escolar. As escolas que optarem por fechar, será respeitando o calendário sem prejuízo ao aluno e as que forem funcionar, professores e estudantes vão assistir juntos aos jogos. A mesma regra vai valer para os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Centros de Educação Infantil (CEIs).

O posto descentralizado da Secretaria Municipal de Fazenda da região norte (avenida Saul Elkind, 892), segue o horário o mesmo horário da prefeitura. Já os postos da Fazenda no Shopping Boulevard e Armazém da Moda seguirão o horário de funcionamento dos locais onde funcionam. A Agência do Trabalhador (Sine) e a Biblioteca Pública Municipal Pedro Viriato Parigot de Souza também seguem o horário da prefeitura.

Estado
Mudanças também ocorrerão a nível estadual. O Governo do Paraná publicou no Diário Oficial resolução que estabelece o expediente dos órgãos e entidades da administração pública estadual nos dias de jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2018.

Assinada pelo Chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico, a resolução determina que nos dias em que os jogos da seleção ocorrerem pela manhã, o expediente terá início às 14h. Já quando os jogos se realizarem à tarde, o expediente será encerrado às 13h. As horas não trabalhadas terão de ser compensadas até o dia 31 de outubro de 2018. O texto informa, ainda, que “caberá aos dirigentes dos órgãos e entidades, nas respectivas áreas de competência, assegurar que os agentes públicos observem os turnos de funcionamento dos órgãos e entidades, bem como a integral preservação e funcionamento dos serviços considerados essenciais”.

Com N.com

Comentários Facebook

Comentários