12 janeiro 2018 5:58 pm

Três detentos não retornaram da saída temporária do final de ano

Weslley Lemos
Redação Paiquerê

Dos 198 presos do regime semiaberto em Londrina, que tiveram liberdade para passar o fim de ano fora do Centro de Reintegração Social de Londrina (Creslon), e já deveriam ter retornado, apenas três não voltaram ao local. Eles foram divididos em cinco grupos, que saíram de forma alternada. Nesta semana, os últimos presos que estavam na rua voltaram ao centro.

De acordo com o diretor do Creslon, Mauricio Sanches, o número de detentos foragidos nestes casos é sempre pequeno na cidade. Quando eles são encontrados, voltam ao regime fechado.

O diretor do Creslon falou da importância da socialização destes detentos e ainda explicou a diferença entre os regimes fechado e semiaberto.

Atualmente, o Centro de Reintegração Social de Londrina conta com aproximadamente 300 pessoas no regime semiaberto.

Comentários Facebook

Comentários