11 outubro 2017 5:28 pm

UEL recebe doação de R$ 1 milhão em aniversário de 46 anos

Redação Paiquerê

Em comemoração aos 46 anos da Universidade Estadual de Londrina (UEL) foi plantada na manhã desta quarta-feira (11) a 46ª peroba, árvore símbolo da UEL. O plantio foi realizado no Bosque Perobal, localizado no Campus Universitário, pelo engenheiro Atsushi Yoshii e a esposa Kimiko Yoshii, proprietários da Construtora A.Yoshii, responsável pela construção em 1997 do prédio que hoje abriga a Agência de Inovação (AINTEC) e a Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da UEL (INTUEL).

O casal homenageou a universidade com doação no valor de R$ 1 milhão para aquisição de um piano de cauda para o Cine Teatro Universitário Ouro Verde, e demais necessidades financeiras da Instituição. A reitora Berenice Quinzani Jordão destacou a relação entre a peroba, símbolo da UEL, árvore do Norte do Paraná, e a cerejeira, como símbolo do Japão, nesta parceria com a construtora e demais relações com a comunidade japonesa de Londrina e região.

Berenice também destacou o simbolismo do número 46, que representa a liderança, busca por novas ideias, e “seguir em direção ao futuro”. Na ocasião, ela também afirmou que a doação recebida é um reconhecimento para a educação. “Fomos surpreendidos com esse presente de aniversário, com a doação de recursos que serão muito bem geridos. Essa doação representa uma confiança na Universidade”, apontou.

A homenageada Kimiko Yoshii, em discurso na cerimônia, destacou que “o plantio de uma árvore é algo centenário, mas o investimento em educação é eterno”. Ela tem duas graduações e duas especializações pela UEL e afirmou que a forma de agradecer é em ação e doação. “A UEL é uma luz de conhecimento, não só para mim, mas para todos que passaram aqui”, completou.

Já o engenheiro Atsushi Yoshii lembrou do simbolismo da peroba como uma árvore que necessita de outras por perto para sobreviver. Da mesma forma, ele afirmou que a UEL precisa da comunidade. “É muito importante a relação com as empresas por meio do estabelecimento de parcerias”, afirmou. O engenheiro ainda disse que a UEL é uma instituição de credibilidade e merece todo o respeito e incentivo. Ele contou que a decisão em fazer a doação foi realizada durante a cerimônia, em conversa com Estela Kobayashi, diretora do Núcleo de Estudos e Cultura Japonesa (NECJ/UEL).

Com Agência UEL

Comentários Facebook

Comentários