5 dezembro 2018 4:06 pm

“A proposta de Malucelli já está sendo analisada”, afirma conselheiro do LEC

Redação Paiquerê

O assunto do momento no futebol local é o impasse na possibilidade de renovação da parceria entre o Londrina Esporte Clube e a gestora SM Sports. No início desta semana, o gestor Sérgio Malucelli propôs ao conselho deliberativo do clube a redução do repasse das receitas destinadas ao LEC dos atuais 10% para zero, como prerrogativa a seguir no cargo em 2019. Vale lembrar que o vínculo contratual entre o Londrina e a SM Sports tem duração até o fim de 2020 e o valor da multa rescisória para ambos os lados é de R$1 milhão.

Nesta quarta-feira (5), Ricardo Ramalho, conselheiro do LEC, em entrevista ao programa Bate-Bola, da Rádio Paiquerê, comentou sobre a recepção do conselho à proposta de Sérgio Malucelli: “O gestor nos convidou para uma reunião na segunda-feira (3) e nós acatamos. Mais da metade dos conselheiros do clube compareceram. Nós ouvimos a proposta e uma das nossas conclusões foi que ele está, de fato, com uma dificuldade financeira e que, hoje, é muito difícil para uma empresa terceirizada tocar um clube no futebol brasileiro. Tudo aquilo que ele falou vai ser analisado. Já estão sendo cruzadas as informações”.

Ramalho ainda comentou sobre o futuro do Londrina caso se confirme o fim do vínculo entre o clube e a SM Sports: “No conselho, existe, há mais de seis meses, uma comissão que faz estudos toda semana para pensar no futuro do Londrina após a saída do Sérgio Malucelli. Imaginando que ele, de fato saia, será preciso muito amadurecimento e juízo por parte do clube”.

Confira a entrevista na íntegra:

Dr. Ricardo Ramalho… Advogado do LEC.

Publicado por Rádio Paiquerê em Quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Comentários Facebook

Comentários