6 dezembro 2018 3:07 pm

Ação na Câmara de Vereadores recolhe uma tonelada de resíduos eletrônicos

Redação Paiquerê

Ação de coleta foi em parceria com a ONG de reciclagem E-letro. Foto: Divulgação/CML

Aproximadamente uma tonelada de equipamentos eletroeletrônicos que não estavam mais sendo utilizados por empresas e moradores, principalmente aparelhos antigos de televisão, foram entregues na Câmara Municipal de Londrina durante campanha realizada na semana passada (26 a 30). O objetivo da ação, desenvolvida em parceria com a ONG de reciclagem E-letro (antiga E-lixo), foi dar destinação correta aos equipamentos que apresentam substâncias capazes de contaminar o meio ambiente e não podem ser descartados no lixo comum.

Na quarta-feira passada (28), o sinal analógico de TV foi desligado em Londrina e outros 154 municípios do interior do Paraná. Embora uma parte da população tenha buscado adaptar os televisores com a instalação do conversor digital, muita gente preferiu aproveitar a proximidade do Natal e investir em novos modelos, descartando os aparelhos analógicos. “Aproximadamente 70% dos equipamentos que coletamos na Câmara foram televisores, mas também recebemos produtos de informática. O carro-chefe neste ano foram os aparelhos de televisão, primeiro por causa da Copa do Mundo, quando o comércio fomentou a troca dos equipamentos, e agora com o desligamento do sinal analógico”, afirma Alex Gonçalves, idealizador e diretor da ONG E-letro.

Fundada há dez anos em Londrina, a ONG promove a sustentabilidade ambiental por meio de ações de coleta de produtos eletroeletrônicos para reaproveitamento. Os materiais que podem ser reutilizados são consertados e doados a instituições sem fins lucrativos. No caso dos televisores, Gonçalves explica que eles serão desmontados e terão seus componentes enviados para indústrias. “Esses aparelhos geram grande volume de plástico, vidro e placas”, diz. Para o presidente em exercício da Câmara Municipal de Londrina, vereador Ailton Nantes (PP), a iniciativa reforça a preocupação do Legislativo com ações de impacto social e ambiental.

Quem ainda não conseguiu descartar seu televisor antigo pode levar o aparelho até a sede da ONG E-letro, na Rua Ermelindo Leão, 385, Vila Casoni. No site da Prefeitura de Londrina (bit.ly/locaiscoleta) também é possível verificar outros pontos de recebimento desses materiais, assim como locais que recolhem óleo de cozinha usado, medicamentos vencidos ou em desuso e móveis, roupas, calçados e brinquedos ainda em bom estado.

 

Comentários Facebook

Comentários