12 setembro 2018 10:17 am

Moradores de assentamento montam acampamento na Prefeitura de Londrina

Redação Paiquerê

Moradores do assentamento Eli Vive montaram na manhã desta quarta-feira (12) um acampamento em frente ao prédio da Prefeitura de Londrina. O planejamento, assim que a prefeitura abrir, é ocupar o interior da edificação. Segundo organizadores, o ato reúne cerca de 350 famílias do assentamento, localizado a dez quilômetros de distância da estrada não pavimentada do distrito de Lerroville, na zona sul, e a 64 quilômetros do centro da cidade.

Uma das lideranças do grupo, Sandra Aparecida Costa Ferrer, afirmou que os populares têm uma série de reivindicações ao município, todas pedindo melhorias no assentamento, que reúne cerca de três mil pessoas e funciona desde 2009. “Queremos o reparo de 100% das estradas rurais, a construção de escolas municipais e uma Unidade Básica de Saúde (UBS) dentro do assentamento”, elencou. O Eli Vive conta com duas escolas, que em 2016 foram assumidas pela Secretaria Municipal de Educação. “Porém os prédios são de madeira e têm estrutura delimitada”, apontou.

previous arrow
next arrow
Slider

Sobre a situação das estradas, ela reclama que as mesmas não oferecem estrutura e comprometem o dia a dia dos moradores daquela localidade. “Em tempo chuvoso o transporte escolar não chega, não conseguimos tirar a produção dos lotes, os caminhões não conseguem transitar. Temos demanda de produção e para ir a cidade é difícil”, justificou. “A UBS que usamos é de Lerroville e já não comporta mais a quantidade de pessoas que moram no assentamento e precisam do atendimento”.

Eles pedem uma reunião com o prefeito, Marcelo Belinati (PP), com a participação do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e Ministério Público (MP). “Só vamos sair quanto tivermos as garantias que 100% das pautas serão cumpridas. Não queremos metade ou algumas coisas”, afirmou Sandra Ferrer. Os manifestantes levaram colchões, panelas, alimentação e instalaram uma cozinha na entrada do prédio. “Quando a prefeitura abrir vamos ocupar todo o espaço (interno), com disciplina e dialogando com os servidores”, disse.

Prefeitura
O Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina informou que o chefe de gabinete do prefeito, Marcos Urbaneja, fez um primeiro atendimento para se inteirar das reivindicações e que a expectativa é que tenha uma reunião ainda esta quarta com secretários municipais e os manifestantes. “O compromisso do governo é dialogar com eles para resolver a pauta do movimento”, informou a assessoria.

Fotos: Manoel Osvaldo

Atualizada às 10h42

 

Comentários Facebook

Comentários