11 outubro 2018 8:49 am

Operação Password tem 28 pessoas denunciadas e 80 fatos criminosos

Neto Almeida
Redação Paiquerê

O Ministério Público (MP) protocolou nesta quarta-feira (10) denúncia na 2ª Vara Criminal sobre a operação Password, que revelou o cancelamento ilegal de débitos em tributos municipais de contribuintes no sistema da Secretaria Municipal de Fazenda. No total são 80 fatos criminosos com 28 denunciados. Entre eles estão três servidores e uma ex-estagiária da secretaria, o pai dela, empresários, um advogado, comerciante, entre outros.

Antes do oferecimento da denúncia, pelos investigados estarem em libertadores, o Ministério Público (MP) ouviu mais de 100 testemunhas, das quais 34 já foram arroladas. Leandro Antunes, promotor de Justiça do MP, detalhou o oferecimento da denúncia ao judiciário em entrevista à Paiquerê.

Leandro Antunes explicou a atuação dos intermediários. Ele ainda apontou que Carlos Evander Azarias, pai da ex-estagiária da secretaria de Fazenda, era um dos líderes do esquema.

O promotor do Ministério Público explicou como acontecia o oferecimento para que os débitos de IPTU fossem apagados do sistema da prefeitura em troca de propina.

Os beneficiados do esquema não revelaram quanto era o pagamento da propina, entretanto documentos colhidos durante a investigação constam na denúncia.

Comentários Facebook

Comentários