8 novembro 2018 2:08 pm

Procon ainda não tem perspectiva de local para receber sede própria

Neto Almeida
Redação Paiquerê

Atualmente o Procon Londrina atende na rua Mato Grosso. Foto: Divulgação

A prefeitura de Londrina autorizou a compra de imóvel para nova sede do Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Londrina (Procon-LD), que deverá ser adquirida com recursos próprios, do Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor do órgão. Já enviado à Câmara, a medida visa alterar três leis e abrir, em uma ou mais vezes, Crédito Adicional Especial, da quantia até R$ 2,5 milhões, para aquisição de imóvel.

O valor foi autorizado pelo Conselho Municipal de Defesa do Consumidor e é proveniente do superávit financeiro, apurado em balanço patrimonial encerrado em 31 de dezembro de 2017. Segundo o coordenador do Procon-LD, Gustavo Richa, desde 2008, o Procon está em imóvel locado.

De acordo com ele, a licitação ainda será elaborada e não há ainda uma perspectiva de local.

A aquisição de imóvel próprio também justifica-se pela necessidade de maior amplitude, pois atualmente são realizados cerca de 200 atendimentos por dia, além de melhorar o espaço para arquivo. Hoje, o Procon está com 100 mil processos em arquivo e o prédio atual não conta com espaço necessário para acomodar adequadamente os servidores, principalmente após a contratação de cinco novos fiscais.

O coordenador do Procon-LD ainda explicou que o dinheiro não pode ser gasto em outras áreas que não seja a melhoria do órgão.

Comentários Facebook

Comentários