25 setembro 2018 12:04 pm

Vereadores candidatos arrecadaram R$ 403 mil para campanha eleitoral

Edson Ferreira
Perspectivas

Câmara Municipal de Londrina. Foto: Weslley Lemos
Câmara Municipal de Londrina. Foto: Weslley Lemos

Os cinco vereadores de Londrina, candidatos nestas eleições, arrecadaram até agora para esta campanha R$ 403 mil. No Paraná, estão inscritos 450 candidatos como deputado federal para as 30 vagas da bancada no Congresso; são 767 candidatos para as 54 vagas na Assembleia Legislativa. Conforme levantamento feito pela reportagem junto aos dados disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tendo como recorte apenas a Câmara de Vereadores, a vereadora Daniele Ziober (PP) é a que mais tem dinheiro.

Daniele, candidata a deputada estadual, recebeu R$ 235 mil do fundo especial criado para estas eleições, entretanto, nenhum gasto foi lançado até o momento. O caso da pepista escancara a situação precária das mulheres na política. Procurada pela reportagem, a vereadora explicou que o dinheiro chegou na segunda-feira (24) vindo da direção do partido e depositado em sua conta de campanha. Apenas agora ela vai iniciar os gastos.

Sobre o volume significativo, Daniele afirmou que se deve à legislação eleitoral, que obriga os partidos a doarem 30% das receitas para as candidaturas de mulheres. Mas em razão da demora para a remessa do recurso, a candidata avalia que boa parte desse dinheiro deverá ser devolvida ao partido, até porque não será possível usar todo o recurso. Os partidos no Brasil recebem dinheiro do Fundo Partidário (R$ 880 milhões) e também do recém-criado Fundo Especial Eleitoral, que reservou para este ano R$ 1,7 bilhão. O PP, partido da candidata, recebeu R$ 131 milhões desse fundo especial para as eleições 2018.

Outros vereadores
Filipe Barros (PSL), candidato a deputado federal, arrecadou até agora R$ 107 mil, maior parte de doações de pessoas físicas; R$ 83 mil. Ele possuiu R$ 196 mil em despesas contratadas e já colocou do bolso na campanha R$ 24 mil, segundo a prestação de contas disponível no TSE. José Roque Neto, o Padre Roque (PR), que tenta vaga na Assembleia Legislativa, tem R$ 25,3 mil, repassado da direção do partido e já contratou R$ 2,9 mil em despesas.

Douglas Carvalho Pereira, o Tio Douglas (PTB) tem R$ 5,9 mil para a campanha, a maior parte do próprio bolso na campanha a deputado estadual. Junior Santos Rosa (PSD), também candidato a deputado estadual, tem R$ 30 mil para a campanha, tudo do fundo especial criado para estas eleições.

Comentários Facebook

Comentários